sexta-feira, 1 de agosto de 2008

By Wesley Marques Ponte

Ela olha e eu me perco
Ela contempla, eu me jogo
Sem medo viajo
Sem medo dos olhos
Verdes abismos
Piedade clemente
Piscinas de absinto
Janelas para a mente
Verdes equívocos
Suave ironia
Leves agitos
Intensas calmarias
Sentimentos recíprocos
Sentimentos de verdade
Tão verdes equívocos
Tão diferentes realidades





Não importa o que eu diga, nada dignificará essa linda homenagem.



Leia mais clicando aqui.



Beijos da pseudoescritora. =***

3 comentários:

Mithz disse...

Tão diferentes realidades
Buscando tais medos
Neste paraiso. rs

Não sei porque mais eu gosto de completar as poesias dos outros.

Muito boa por sinal, parabêns pela homenagem.

Night Angel disse...

Feliz, feliz, feliz, feliz!!!!!!!!!

renato disse...

Que coisa linda, Querida Rafa!