quarta-feira, 1 de abril de 2009

O Jesus Cristo que conheço.

Esse texto foi escrito para o concuro "Baixem suas armas" da comunidade Earthen Vessels.
Escrevi pensando sobre muitos momentos em que tive raiva da hipocrisia dos "santos". Inspirei-me em Caio Fábio e Paul Tilich.

Ele, que não apedrejou ninguém
Que apenas disse Vá e não peques mais
Ele, que não rejeitou o publicano
Mas repousou em sua casa
Ele, que na hora de sua morte
Disse ao ladrão: Ainda hoje, amigo
Estarás comigo no paraíso
Ele, que é misericórida, não só juízo
Que nem sempre interveio
Mas sempre esteve comigo
Que nem sempre mostrou-se
Mas sempre fez-me enxergar
Ele, esse a quem conheço
Ele, a quem eu espero.


8 comentários:

Jenny disse...

rafalinda que escreve lindo *.* nao conheço esses carinhas ai que vc usou de inspiração mas, se eles serviram pra vc escrever um trem desses tao profundo é pq eles devem ser mto maravilhosos mesmo ^^

irden juca disse...

MEU DEUS!


EU AMO O CAIO FABIO!
AMO!

Rafa!

Texto mortal de lindo!

sammy disse...

Rafa linda meu anjo... a verdade dói mas é bonita, né. ^^

renato disse...

Rafa meu amor! Parabens, vc tem uma sensibilidade linda!

Renato Diego disse...

Meu Orgulho! ^^

Jederson Rodrigues disse...

E e por conta deste Cristo que eu escolho padecer, do que viver no marrasmo...

Jederson Rodrigues disse...

E e por conta deste Cristo que eu escolho padecer, do que viver no marrasmo...

Anônimo disse...

parabéns por ter conhecido Jesus como ele nos ensinou que devemos ser. seu texto é uma benção!