quinta-feira, 29 de abril de 2010


Se me obrigassem a dizer porque a amava, sinto que a minha única resposta seria: ''Porque eu era ela,e porque ela era eu''

2 comentários:

Natália disse...

Oi Rafaela!
Acabeeei de receber seu livro (do Trocando Livros)!
Rapidinho joguei seu nome no Google e achei seu blog, que por sinal é muuuito legal!
Amo poesia. Vou botar nos meus feeds.
Não tenho blog, mas tenho Twitter, se quiser me segue lá (@Natsalles) e também mantenho um bem legal de Pessoa (@FernandoPessoa).
Tô doida pra começar logo o Feliz Ano! Tô terminando de ler um de Filosofia, mas acho que vou acabar lendo os dois junto! :)
Ah, gostei muito do texto que vc fez sobre igreja. Estou exa-ta-men-te na mesma situação! Só decepções, uma atrás da outra. Cada uma um "clube" diferente. Triste.
Mas o importante é não esquecer (pq ele não esquece da gente), não perder o temor e principalmente a Fé, né? :)
Bom, é isso!
(Caso queira me responder, meu e-mail é natycsm[no]gmail.com)
Bjos!

Guilherme Guimarães Jr. disse...

Sei exatamente o que vc quer dizer. Já viu o que escrevi sobre o Max no meu Blog.

Abraços fraternos!